Malefícios e riscos dos agrotóxicos nas frutas e verduras

CLAUDIO AMORIM MED EMAGRECIMENTO.jpg

É comum ouvir dizer que agrotóxico é muito prejudicial para o organismo. Mas, você realmente sabe os malefícios e riscos dos agrotóxicos nas frutas e verduras?

Existem diversas dúvidas a respeito deste assunto. Aqui neste artigo, você vai encontrar a resposta completa para esta pergunta e diversas outras informações extremamente importantes sobre o uso de agrotóxicos nos alimentos.

Prossiga com a leitura a confira. Você vai se surpreender!

A elevada presença de resíduos de agrotóxicos nos alimentos

Você sabia que a dieta dos brasileiros é rica em agrotóxicos? Isso mesmo!

De acordo com uma pesquisa realizada pela USP, ao fazer o cruzamento dos dados sobre o que a população brasileira come atualmente com a lista de agrotóxicos autorizados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) a serem aplicados na cultura destes alimentos, foram identificados 68 compostos cujo valor de ingestão diária excedia o aceitável pelo limite do próprio órgão.

É muita coisa, não é verdade?

O Brometo de Metila (BM), pertencente à classe dos formicidas, inseticidas e fungicidas foi a substância com maior estimativa de utilização nos alimentos. Este é listado como um dos mais tóxicos!

Também segundo um relatório divulgado pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca), o Brasil despeja mais de 1 milhão de toneladas de agrotóxicos nas lavouras todos os anos. Em média, daria 5 quilos de veneno agrícola (agrotóxico) por pessoa!

Estes agrotóxicos utilizados nas frutas e verduras tem a finalidade de alterar sua composição e, assim, preservá-las da ação danosa de substâncias ou seres vivos nocivos.

Agora, descubra os malefícios e riscos que os agrotóxicos causam no seu organismo (é chocante!)

Quando uma pessoa faz consumo prolongado de alimentos, como frutas e verduras, contaminados por agrotóxicos ela está propensa a contrair diversas doenças:

  • Malformação congênita.

  • Câncer.

  • Distúrbios mentais, endócrinos e neurológicos.

  • Impotência sexual.

  • Infertilidade.

  • Paralisias.

  • Lesões cerebrais.

  • Fortes dores de cabeça.

  • Alergias.

  • Alterações comportamentais.

  • Abortos.

  • Efeitos no sistema imunológico.

Estes problemas quando não surgem a curto e médio prazo podem acontecer muitos anos depois.

A intoxicação por agrotóxicos pode ocasionar em:

  • Vômitos.

  • Irritações nos olhos, pele, nariz e garganta.

  • Náuseas.

  • Dificuldades respiratórias.

  • Tremores.

  • Cólicas abdominais.

  • Desmaios.

  • Convulsões.

Tão logo você apresente alguns destes sintomas e desconfie que seja devido ao consumo de alimentos com agrotóxicos, procure um médico.

VEJA ESSE VÍDEO:

Importância dos alimentos orgânicos produzidos sem agrotóxicos

Embora existam os riscos e malefícios dos agrotóxicos nas frutas e verduras, o Inca afirma que você, assim como a população em geral, não deixe de fazer o consumo destas, vez que são essenciais para uma alimentação saudável.

O Instituto defende é a produção de alimentos orgânicos livres de agrotóxicos por terem maior concentração de nutrientes e compostos que previnem o câncer, por exemplo.

O que você pode fazer para resolver o problema é optar pelo consumo destes alimentos orgânicos, mesmo que o preço deles não seja tão animador.

Outra alternativa para amenizar tal situação é cozinha ou descascar aqueles alimentos que ingere cru ou com casca. Mas, lembre-se devido muitos agrotóxicos serem “sistêmicos”, isto é, quando aplicados circulam através da seiva por todos os tecidos das plantas, logo, existem casos em que lavar e descascar não te garante a eliminação total dos resíduos agrotóxicos.

Por fim, fique alerta quanto ao consumo de frutas e verduras com agrotóxicos. Tome todos os cuidados necessários para que você possa preservar sua saúde.

E você? Tem medo de consumir alimentos com agrotóxicos? Qual sua opinião a respeito do uso deles no Brasil? Registre nos comentários!

E VOCÊ? Já ouviu FALAR SOBRE o MED: PROGRAMA REVOLUCIONÁRIO DE EMAGRECIMENTO DEFINITIVO!

Um forte abraço.